Arquivo de março, 2011

CRENTE E DISCÍPULO

Publicado: março 10, 2011 em Artigos do Mural

Todo discípulo é um crente, mas nem todo crente é um discípulo. Você sabe a razão desta diferença? Reflita…


* O crente espera pães e peixes; o discípulo é um pescador.
* O crente luta por crescer; o discípulo luta para reproduzir-se.
* O crente entrega parte de suas finanças; o discípulo entrega toda a sua vida.
* O crente precisa ser sempre estimulado; o discípulo procura estimular os outros.
* O crente é condicionado pelas circunstâncias; o discípulo as aproveita para exercer a sua fé.
* O crente exige que os outros o visitem; o discípulo visita.
* O crente busca na Palavra promessas para a sua vida; o discípulo busca vida para receber as promessas da Palavra.
* O crente pensa em si mesmo; o discípulo pensa nos outros.
* O crente se senta para adorar; o discípulo anda adorando.
* O crente vale porque soma; o discípulo vale porque multiplica.
* O crente espera milagres; o discípulo os faz.
* O crente cuida das estacas de sua tenda; o discípulo desbrava e aumenta o seu território.
* O crente sonha com a igreja ideal; o discípulo se entrega para fazer uma igreja real.
* A meta do crente é ir para o Céu; a meta do discípulo é ganhar almas para povoar o Céu.
* O crente espera um avivamento; o discípulo é parte dele.
* Ao crente se promete uma almofada; ao discípulo se entrega uma cruz.
* O crente é sócio; o discípulo é servo.
* O crente responde “talvez”; o discípulo responde “eis-me aqui”.
* O crente preocupa-se só em pregar o evangelho; o discípulo prega e faz outros discípulos.
* O crente espera recompensa para dar; o discípulo é recompensado porque dá.
* O crente pede que os outros orem por ele; o discípulo ora pelos outros.
* O crente se reúne com outros para buscar a presença do Senhor; o discípulo carrega a Sua presença através do Espírito Santo.
* O crente procura conselhos dos outros para tomar uma decisão; o discípulo ora a Deus, lê a Palavra e em fé toma a decisão.
* O crente espera que o mundo melhore; o discípulo sabe que não é deste mundo e espera o encontro com seu Senhor.

Fica a pergunta: somos crentes ou discípulos?

Anúncios

População, História e Governo:

– A Líbia é pouco povoada. De 6,3 milhões de habitantes, 1,5 milhão é estrangeiro, vindo de países árabes e africanos.

– A educação é pública e gratuita, e 85% da população é alfabetizada. A assistência médica também é gratuita e bastante acessível, mas ainda é deficiente nas áreas rurais.

– O país obteve sua independência em 1951. Se tornou um Estado rico com a descoberta de suas abundantes reservas de petróleo. O país tem uma das maiores rendas per capita na África, mas pouco disso é repassado às camadas mais baixas da sociedade.

– Em 1969, o coronel Muammar Qadhafi , assumiu o controle do país por meio de um golpe militar. O sistema implementado passou a ser uma combinação de socialismo e práticas islâmicas derivadas das tradições tribais. Dentro de sua atuação política, Qadhafi tem financiado a propagação do islamismo como forma de obter poder na região.

Igreja e Perseguição:

– Os líbios são um dos grupos mais não-alcançados com o evangelho. A maior parte não sabe em que os cristãos creem. Por causa de suas fortes raízes muçulmanas, não considerariam a mensagem do evangelho como algo dirigido a eles.

– Nenhuma forma de evangelismo ou trabalho missionário é permitida. Apenas os estrangeiros podem se reunir, mas são monitorados, o que causa medo nos líbios, de serem vigiados, delatados, presos e até mesmo assassinados. O governo também exige que todos os cidadãos sejam muçulmanos sunitas “por definição”.

Motivos de oração:
1. Os convertidos se sentem isolados. Ore para que haja mais abertura e possibilidade de os líbios cristãos se reúnam para terem comunhão e louvarem Deus juntos.
2. Missionários não são permitidos. Existem áreas em que há espaço e abertura para profissionais cristãos e missionários que tenham uma profissão. Ore para que cristãos de todo o mundo tornem-se profissionais destas áreas e busquem servir aos líbios no amor de Jesus Cristo.
3. A Igreja resiste a um governo que financia a propagação do islamismo Ore para que os líderes da Líbia conheçam a Cristo.
4. É arriscado para um líbio confessar sua fé em Jesus. Peça a proteção e a sabedoria de Deus para todas as conversas e relacionamentos dos convertidos.

5. Pelos protestos que andam ocorrendo atualmente no país. Ore pelos jovens que têm se        arriscado, pelas suas causas, e pelas famílias que tem perdido entes queridos nessa guerra.