Arquivo de junho, 2010

 

época Ed 630 - Divulgação

Cheguei a pouco tempo no trabalho e em cima da mesa de minha chefe me deparei com uma edição da Época em que a capa me surpreendeu. Antes de ler o titulo da matéria, já imaginei o assunto proposto: DROGAS.

A chamada: COMO AFASTAR OS JOVENS DA DROGAS.

Ao lado um pequeno texto anuncia o que veremos no interior da publicação: UMA PESQUISA INÉDITA MOSTRA QUE AS FAMÍLIAS NÃO SABEM ONDE BUSCAR AJUDA. O QUE FUNCIONA PARA PREVENIR – OU SUPERAR O DRAMA.

Amados, só ao ler a capa já sabia a resposta desta questão: JESUS.   No interior da revista algumas familias e ex usuários contaram suas histórias, perdas, loucuras, erros, dores e morte. Opiniões de especialistas, médicos, terapeutas e psicólogos respondiam cientificamente aos processos que o fisico enfrenta com a ação das drogas. Paralelo a isso, constatações assustadoras: O CRACK É A DROGA DA VEZ, ELE CUSTA CARO, TEM AÇÃO MAIS RÁPIDA E É O MAIS PROCURADO PELOS JOVENS DE CLASSE MÉDIA, inclusive, esse mal não é a muito tempo só um problema da classe baixa.  Jovens bem educados, com moradia própria, estudantes de colégios e faculdades particulares figuram como usuários em potencial.

Um fato: a revista entrevistou profissionais que afirmam que a igreja é eficaz no tratamento contra as drogas.

” Em seguida, vem o tratamento contra a dependência química, a busca de alternativas ás drogas – que pode ser pela fé ou por uma novo propósito de vida- e o apoio comunitário (da igreja, dos amigos, dos grupos de apoio…)…”

Aos pais:

Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda? – Mateus 19.20

Aos nossos jovens:

Alegra-te, jovem, na tua mocidade, recreie-se o teu coração nesses dias e ande pelos caminhos do teu coração, e pela vista dos teus olhos; sabe, porém, que por todas estas coisas te trará Deus a juízo – Eclesiastes 11.9

 JESUS  é o unico caminho, a verdadeira felicidade, uma juventude seguindo ao Rei, se alegrando em comunhão com ele é mais contagiante do que qualquer substância.

O efeito de JESUS em nossas vidas nos torna bons, completos e livres.

Beijos no coração,

Irmã Suell

Anúncios

TORCIDA PIEC II

Publicado: junho 11, 2010 em Artigos

FÉ NO FUTEBOL

A Copa do Mundo de Futebol está a todo vapor e, para torcer pela seleção pentacampeã, o Brasil pára tudo só para acompanhar os jogos. O brasileiro é apaixonado por futebol e não mede esforços para não deixar essa chama se apagar. É tanta motivação, entusiasmo e união que chega até ser contagiante! Nesse período de Mundial, televisores serão trocados, camisas da seleção, bem como bandeiras, buzinas e outros adereços comprados.

As ruas, casas e lojas estarão enfeitadas e os bares com telões, transmitindo os jogos, lotados. Por outro lado, as igrejas ficarão desertas, pois os cultos ou serão cancelados ou, pelo menos, mudarão de horário. Futebol e culto não têm como competir. A Bíblia não goleia mais.
É lamentável vermos os torcedores evangélicos dedicando tanto tempo para jogarem, assistirem e até se informarem sobre futebol, mas não se interessarem pela Palavra que os abençoa. Esses crentes gastam horas com futebol, porém faltam aos cultos. A prorrogação de uma partida de futebol é vista com êxtase e empolgação, todavia se o pastor decidir estender o sermão em 15 minutos verá dezenas de relógios serem balançados nos pulsos dos irmãos e um olhar cheio de sentimentos nada cristãos. Gritam, pulam, vibram nos estádios, mas sentem sono e até bocejam durante os cultos. Não cantam, não aplaudem, não participam.

Toda a alegria e disposição ficaram nos gramados. Por que muitos irmãos são torcedores “roxos” e até brigam por seus times favoritos, contudo não se interessam pela Bíblia? Saem pelas ruas vestidos com seus uniformes e bandeiras, mas morrem de vergonha de evangelizar! Falam mais de futebol do que de Jesus! Onde está a fé? Como foi que o zelo em obedecer a Deus acabou?
O futebol, assim como o dinheiro, não é pecado, mas o amor a ele sim.

O primeiro mandamento é bem claro: “Amarás ao Senhor teu Deus de TODO o teu coração, e de TODA a tua alma, e de TODO o teu entendimento, e de TODAS as tuas forças”, Marcos 12:30. O futebol tem definitivamente roubado o lugar de Deus em nossas vidas.
Os produtos licenciados pelos clubes de futebol são cobiçados e adquiridos com satisfação, porém a prática do dízimo é detestada.

Ofertar? Nem se fala. O time ganhando ou perdendo, vencendo campeonatos ou sendo rebaixado de série, não importa. Sempre causará orgulho e amor aos torcedores. Pensando bem: não são apenas torcedores, são fiéis devotos. Há mais fé nas arquibancadas dos estádios do que nos bancos das igrejas evangélicas. O que está acontecendo com a torcida de Jesus? Ele continua jogando e está sempre vencendo os adversários, entretanto, a torcida continua apática, desinteressada.
“Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração”, Mateus 6:21.
Jesus advertiu seus discípulos de que nos fins dos tempos, por se multiplicar o pecado, o amor de muitos se esfriaria, isto está escrito em Mateus 24:12. Já é o que vemos. O futebol inunda de amor nossos corações, mas as coisas de Deus são tão penosas e desinteressantes. Hoje, estamos à procura de emoção, duelos e entretenimento. Os milagres bíblicos se tornaram sem graça, a salvação obsoleta, os conselhos ultrapassados e as advertências de uma vida de santidade vazias. A volta de Cristo é coisa extremamente futurista.
Em Lucas 18:8 lemos: “Quando vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?” Fé pode ser que encontre, a fé no futebol com estádios lotados de discípulos. Agora, fé verdadeira, no Cristo ressuscitado, realmente será difícil.
Portanto, hoje mais do que nunca precisamos orar como o rei Davi. “Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto”, Salmos 51:10. Que o Senhor encontre em nós verdadeiros adoradores, servos que estão dispostos a servi-lo e amigos que o amam.

IRMÃ JULIANA MOURA

Torcida PIEC

Publicado: junho 7, 2010 em Artigos

Amados, no dia 20 de junho, um domingo, teremos o segundo jogo da seleção brasileira na Copa da África. Que tal aproveitar essa oportunidade e passar um tempo diferente com sua familia espiritual? Vamos nos reunir em nossa igreja, juntos vamos orar e vibrar pela nossa seleção. Tenho certeza que serão momentos únicos de alegria e descontração.

Até lá!!!

Domingo, 20/06 – 15h30